You are currently viewing O que é co-marketing? Como utilizar na minha estratégia?

O que é co-marketing? Como utilizar na minha estratégia?

Você sabe o que é co-marketing? Essa é uma tendência que veio para ficar e pode beneficiar qualquer negócio. Independente de ramo ou tamanho.

Se engana quem pensa que cooperação não existe no marketing digital e essa metodologia comprova isso.

Então, galera, meu intuito aqui é te explicar como funciona essa técnica e de que maneira você pode usá-la para melhorar seus resultados. Bora lá?

O que é co-marketing?

Bom, a definição sobre o que é co-marketing é bem simples e intuitiva: marketing compartilhado. Como assim? Eu explico!

É quando duas empresas se unem, como parceiros mesmo, na produção de conteúdos ou compartilhamento de estratégias.

Geralmente, essa união é possível graças a sinergia entre os públicos-alvo das organizações.

Afinal, eles devem ser semelhantes para que as ações tenham resultados positivos. Um bom exemplo dessa integração é o que acontece com companhias aéreas e locadoras.

Assim como, com boxes de assinatura que acabam fazendo parcerias e divulgações com diversas marcas e influencers.

Dessa forma, ambas conseguem gerar mais impacto e ampliam a abrangência das suas campanhas. Sozinhas, dificilmente elas teriam os mesmos retornos.

Beleza até aqui? Então, saiba que o que é co-marketing pode ser aplicado de diferentes formas e em canais distintos, como:

  • Vídeos;
  • Podcasts;
  • Infográficos;
  • Posts em redes sociais;
  • Campanhas promocionais;
  • Blog posts;
  • Envios de e-mail marketing;
  • Descontos;
  • E-books;
  • Webinars;
  • Eventos, entre outros.

Quais os benefícios de aplicar o que é co-marketing no seu negócio?

Bom, entendido o que é co-marketing, vale a pena conhecer os principais benefícios de utilizá-lo na estratégia de marketing de conteúdo. Confira:

  • Gera mais autoridade;
  • Amplia o alcance, inclusive nas ações de Inbound Marketing;
  • Contribui para o reconhecimento de mercado;
  • Reduz custos;
  • Aumenta a capacidade e facilidade de produção de conteúdos;
  • Eleva o engajamento com o público;
  • Permite o acesso a uma nova audiência, muitas vezes já qualificada;
  • Sobe os lucros;
  • Promove os conteúdos organicamente e também os patrocinados;
  • Divide o trabalho das equipes envolvidas;
  • Fortalece as duas marcas;
  • Explora novos canais e muito mais.

Como montar sua estratégia?

Com certeza você já entendeu que vale a pena investir nas ações de co-marketing. Mas, provavelmente ainda se sente um pouco perdido sobre por onde começá-las.

É claro que o primeiro passo está na busca por um parceiro que faça sentido para o seu negócio.

Essa escolha é crucial e deve ser feita com cautela, pois ele não deve concorrer diretamente com você, mas sim complementar seu produto ou serviço de alguma maneira. Sinergia, lembra?

Então, comece avaliando aquela empresa que tenha uma audiência relevante e compatível com seus interesses. Além disso, considere:

  • O conhecimento da marca;
  • A qualidade dos conteúdos que são produzidos;
  • A imagem perante os consumidores e o mercado.

Quanto mais aspectos desses você encontrar no seu parceiro, maiores as chances de sucesso na aplicação do que é co-marketing.

Depois, com o partner escolhido, devem-se ter os seguintes pontos de atenção!

Tenha um bom planejamento

Um projeto desse porte requer muito alinhamento por parte das equipes envolvidas.

Por isso, é preciso planejar tudo com antecedência e sincronizar processos para que as estratégias funcionem bem e dentro dos prazos.

Sugiro que você faça uma reunião completa inicialmente para definir responsáveis e responsabilidades.

Lembre-se que aqui as ações propostas devem ter relação com seus objetivos de marketing digital. Assim como, com os do parceiro.

Então, crie uma agenda de deadlines e atividades, como produção de conteúdo, design e disparos de e-mails. Antecedência é fundamental para não ter furo!

Contribua com o trabalho do parceiro

O que é co-marketing envolve entender que essa é realmente uma via de mão-dupla.

Tanto você quanto a outra empresa devem estar dispostos a contribuir um com o trabalho do outro.

Briefings bem elaborados, reuniões produtivas, responsáveis que de fato entendam do negócio, tudo isso conta para os resultados.

O ideal é que se construa uma relação ganha-ganha para evitar frustrações e quebra de parceria.

Sempre avalie os resultados

Por fim, acompanhar métricas e estabelecer metas também são fundamentais no entendimento e melhoria do que é co-marketing.

Dessa forma, na reunião inicial, já deixe claro quais são os KPIs chave e determine com o parceiro como será a avaliação das ações.

Geralmente, essa checagem é mensal. Porém, dependendo do projeto e campanha, isso pode ser feito semanalmente ou até a cada quinzena.

Tudo deve ser conversado e alinhado previamente com todos os envolvidos. Então, com esses dados em mãos é possível tomar decisões quanto aos próximos passos.

Além disso, fica mais fácil saber o que deu certo e o que deve ser deixado no passado.

Avaliar métricas e acompanhar metas é essencial para o aprendizado quanto a essa parceria e até para a criação de novas.

E aí? Você já conhecia esse conceito? Ficou alguma dúvida?

Se você já faz co-marketing compartilha com a gente a sua experiência e vamos trocar uma ideia. Até logo!

Deixe um comentário