O que é mvp
Mínimo produto viável

MVP é uma sigla que significa minimum viable product (mínimo produto viável). No empreendedorismo, principalmente nas startups o MVP tem um papel fundamental na validação do negócio e produto.

Um Mínimo Produto Viável é a versão mais simples de um produto que pode ser comercializado com o mínimo de esforço e desenvolvimento possível dos seus criadores. É uma forma de validar o produto no mercado e entre seu consumidores, como uma primeira versão que com certeza será melhorada.

Vamos ver alguns exemplos de MVP’s abaixo:

MVP do Groupon:

MVP do Groupon

A validação do Groupon começou com um simples blog em wordpress que as empresas que queriam ofertar seus produtos eram inseridas manualmente pela própria equipe. O usuário escolhia o produto que queria e partir daí recebia um cupom em PDF no seu e-mail para compra do produto na própria loja. Os cupons eram enviados pela equipe do Groupon manualmente.

Hoje o Groupon tem App, Geolocalização, pagamento via plataforma, gerador de códigos automático e outras infinidades de função que não estavam nem de longe inclusas na primeira versão do site.

MVP do Facebook:

Primeira versão do facebook

Acima você pode ver uma das primeiras versões de uma das maiores empresas do mundo e sem dúvida da empresa que mais cresceu na última década, o Facebook.

Provavelmente Marck Zuckerberg não tinha a pretensão de se tornar o gigante que é hoje, porém em fevereiro de 2004 foi lançada a primeira versão do seu site que até então deveria ser algo exclusivo, como uma espécie de anuário para os alunos de Harvard. A história muitos de vocês já conhecem e hoje o facebook se tornou o que é.

Detentor das principais redes sociais do mercado (whatsapp, instagram, facebook), tem uma análise de dados das mais completas do mundo. Só com publicidade para pessoas que acessam a rede através do APP, pelos seus smartphones o facebook faturou no último trimestre de 2018 US$ 15 bilhões.

Agora que você já sabe o que é MVP, entenda como criar o seu.

Primeiro é válido deixar claro que um MVP não significa entregar um produto meia boca, cheio de falhas, bug’s. O objetivo é apresentar para o público uma versão mais simples, não tão robusta. Apresentar a solução para a dor das pessoas em um formato menos robusto.

Crie uma Landing Page

Crie uma landing page para captação dos seus primeiros leads e potenciais clientes. Um MVP não deve jamais ser vendido para amigos, familiares ou pessoas que tenham contato com você. Ele deve ser validado com o público final e após a captação dos seus primeiros leads, ofereça a sua solução (preferencialmente de forma gratuita, mesmo que durante um curto período).

Tenha uma ferramenta ou forma de análise

Após a utilização do seu MVP será necessário receber os feedbacks da melhor forma possível. Sejam eles positivos ou negativos. Nessa etapa é válido investir e fazer com que a experiência do cliente seja a melhor possível independente do tipo de feedback dado.

Vá adiante

Por último, vá adiante, corrija e alinhe as expectativas dos clientes com relação ao seu produto. Caso a experiência tenha sido produtiva, é hora de ir para a segunda, terceira, quarta… milésima versão. Não pare de inovar e buscar soluções para o seu cliente. Como a sua solução pode melhorar ainda mais a vida dos meus clientes? Essa precisa ser a sua pergunta diária.

Se achar melhor, vamos bater uma papo, agende uma reunião clicando aqui.


Conexão Agência Digital

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado