Marketing Digital para o Agronegócio
marketing digital para o agronegócio

Marketing Digital para o Agronegócio

Marketing Digital para o Agronegócio

O agronegócio está cada vez mais moderno e tecnológico. Você sabia que dá pra pilotar um trator por um tablete? Melhor ainda, que dá pra programar a rota daquele trator e apenas fazer o acompanhamento à distância?

É isso mesmo, se você acha que o agronegócio é pra quem nasceu na roça e não conhece nada da “cidade grande”, preciso te dizer: está completamente enganado! Se na produção a tecnologia chegou e se estabeleceu com muita força, significa que no comercial e marketing as novas ferramentas também podem ajudar com inovações e facilidades.

Os dados mostram que menos de 1% do setor investe de fato em Marketing Digital (https://www.canalrural.com.br/programas/menos-setor-agricola-investe-marketing-digital-8258/). Isso pode nos indicar alguns caminhos a seguir e vamos listá-los abaixo:

  • Se eu iniciar agora, já começo na frente que 99% do setor:

Comece o quanto antes, o marketing digital vai chegar para todos os segmentos, em alguns pode demorar um pouco mais, em outros um pouco menos. Mas o fato é que ele vai chegar e você não vai querer começar tarde demais. No Marketing Digital, o ditado popular “antes tarde do que nunca” pode não funcionar.

  • Se poucas pessoas investem, significa que a concorrência é baixa:


O indicador aponta que apenas 1% das empresas do setor investem em Marketing Digital. Isso nos traz uma realidade: a concorrência é baixa e por isso esse investimento pode ser inferior se comparado a segmentos que já investem em Marketing Digital, como bancos, startups, empresas de tecnologia, etc.

  • Se apenas 1% do setor investe, não deve dar resultado:

Aí que você está enganado, é exatamente esse 1% que investe no setor que faz parte das maiores empresas agrícolas do país. Dentre elas estão a Bayer, BASF, BRF, Bunge e Camil.
Não foi o marketing digital que tornou essas empresas grandes, mas é a inovação e a tecnologia que vai as mantém nas primeiras posições.

  • Mas o Marketing Digital para o Agronegócio é caro:

Primeiro temos que definir o que é caro, depois buscar entender que o caro pode dar excelentes resultados, e se tornar o mais barato. Por último, é importante destacar que o Marketing Digital ainda é um dos mais baratos se comparado ao marketing tradicional. Ainda ocupa pequenas porcentagens dos Budgets das médias e grande empresas. Porém, é um cenário que tem mudado e esse é mais um motivo pra você começar sua estratégia em Marketing Digital o quanto antes. Com o investimento aumentando, a demanda tende a crescer e a oferta ficar escassa. Num mundo capitalista, nós sabemos a consequência desse fenômeno.

  • Por onde eu começo?


Depende do tamanho, da cultura da sua empresa, do objetivo que quer alcançar com a estratégia e do seu budget inicial pra esse novo mundo que está surgindo. Existem empresas que se adaptam melhor tendo uma equipe interna especializada em marketing digital. O custo dessa opção costuma ser bem maior que a contratação de um consultor ou uma agência, porém, você tem mais controle e as ações podem acontecer mais rápido.

Você pode ter uma parte da equipe interna e contar com a ajuda de um especialista em marketing digital. Esse profissional vai direcionar a sua equipe por qual caminho seguir, definir juntos as estratégias, cronogramas e analisar os resultados. Nesse caso indicamos duas pessoas que podem ajudar nessa parte mais estratégica do seu marketing: www.gutembergfernandes.com (especialista em marketing e inovação) www.lalon.com.br (especialista em gestão, inovação e planejamento).

Existe também a possibilidade da contratação de uma agência em que você não vai precisar se preocupar em ter uma equipe. Basta definir as métricas e metas com a agência e acompanhar o trabalho.

Com essas dicas, imagino que você queira começar agora mesmo, certo? Agende uma reunião com um de nossos especialistas. Esse pode ser um bom primeiro passo.

Leia também: Você só precisa acertar uma vez.

Deixe uma resposta