Como criar uma estratégia de mídias sociais em 8 etapas fáceis
estratégia de mídias sociais

Como criar uma estratégia de mídias sociais em 8 etapas fáceis

Uma estratégia de mídias sociais é um resumo de tudo o que você planeja fazer e espera alcançar nas mídias sociais. Ele orienta suas ações e permite que você saiba se está tendo sucesso ou não.

Quanto mais específico for o seu plano, mais eficaz será. Seja conciso. Não a torne tão complexa que seja inatingível ou impossível de medir.

Neste post, mostraremos um plano de oito etapas para criar sua própria estratégia de marketing de mídia social vencedora.

Como criar uma estratégia de mídias sociais

Etapa 1. Escolha as metas de marketing de mídia social que se alinham aos objetivos de negócios

Definir metas SMART

O primeiro passo para criar uma estratégia vencedora é estabelecer seus objetivos e metas. Sem metas, você não tem como medir o sucesso e o retorno do investimento (ROI) .

Cada um de seus objetivos deve ser:

  • Específico
  • Mensurável
  • Atingível
  • Relevante
  • Tempo limite

Essa é a estrutura de objetivos conhecida como SMART . Ele guiará suas ações e garantirá que elas levem a resultados reais de negócios.

Aqui um exemplo de uma meta SMART:

“Usaremos o Facebook para suporte ao cliente e reduziremos nossa taxa de resposta média para menos de duas horas até o final do trimestre”.

Rastrear métricas significativas

Métricas de vaidade, como número de seguidores e curtidas, são fáceis de rastrear, mas é difícil provar seu valor real. Em vez disso, concentre-se em coisas como engajamento, clique e taxas de conversão.

Para se inspirar, dê uma olhada nesse artigo em que falamos sobre a importância da análise de dados.

Convém rastrear objetivos diferentes para redes diferentes ou até usos diferentes para cada rede.

Por exemplo, se você usa o LinkedIn para direcionar tráfego para seu site, é fundamental medir os cliques. Já se usa o Instagram para conscientização da marca, você pode acompanhar o número de visualizações dos Sotories por exemplo. Se você anuncia no Facebook, o custo por clique (CPC) é uma métrica de sucesso comum.

As metas de mídia social devem estar alinhadas com seus objetivos gerais de marketing. Isso torna mais fácil mostrar o valor do seu trabalho.

Comece a desenvolver seu plano de marketing de mídia social, anotando pelo menos três metas para cada mídia social que pretende usar.

Etapa 2. Aprenda tudo o que puder sobre seu público

Crie personas de audiência

Saber quem é seu público e o que eles querem ver nas mídias sociais é fundamental. Dessa forma, você pode criar o conteúdo que eles irão gostar, comentar e compartilhar. Também é fundamental se você deseja transformar seguidores de mídia social em clientes para seus negócios.

Quando se trata do seu cliente-alvo, você deve saber coisas como:

  • Idade
  • Localização
  • renda média
  • Cargo ou ocupação
  • Interesses
  • etc.

Aqui está um guia e um modelo simples para criar personas de público / comprador .

Conheça seus fãs, seguidores e clientes como pessoas reais, com desejos e necessidades reais, e você saberá como direcioná-los e envolvê-los nas mídias sociais.

Reunir dados

Não faça suposições. Veja só um exemplo: Você acha que o Facebook é uma rede melhor para alcançar os Baby Boomers do que os Millennials? Bem, os números mostram que os Millennials ainda superam os Boomers na plataforma.

Gráfico mostrando usuários do Facebook por geração
Fonte: Centro de Pesquisa PEW

A análise de mídia social também pode fornecer uma tonelada de informações valiosas sobre quem são seus seguidores, onde eles moram e como eles interagem com sua marca nas mídias sociais. Esses insights permitem refinar sua estratégia e direcionar melhor seu público.

O Jugnoo, um serviço semelhante ao Uber para riquixás de automóveis na Índia, usou o Facebook Analytics para saber que 90% dos usuários que indicaram outros clientes tinham entre 18 e 34 anos de idade e 65% desse grupo estava usando Android. Eles usaram essas informações para segmentar seus anúncios, resultando em um custo 40% menor por referência.

Confira nosso Workshop Gratuito – Como planejar seu marketing em 2020

Etapa 3. Conheça sua concorrência

Os seus concorrentes já estão usando as mídias sociais, e isso significa que você pode aprender com o que eles estão fazendo.

Realizar uma análise competitiva

Uma análise competitiva permite que você entenda quem é a concorrência e o que está fazendo bem (e não tão bem). Você terá uma boa noção do que é esperado em seu setor, e isso o ajudará a definir seus próprios objetivos de mídia social.

Também o ajudará a identificar oportunidades.

Talvez um de seus concorrentes seja dominante no Facebook, por exemplo, mas pouco se esforçou no Twitter ou no Instagram. Você pode querer se concentrar nas redes em que seu público está mal atendido, ao invés de lutar contra quem já domina o jogo em outra rede.

Use a escuta nas mídias sociais

A escuta social é outra maneira de manter um olho em seus concorrentes.

Faça pesquisas no nome da empresa da concorrência, identificadores de conta e outras palavras-chave relevantes nas mídias sociais. Descubra o que eles estão compartilhando e o que as outras pessoas estão dizendo sobre eles.

Ao rastrear, você pode notar mudanças na maneira como os canais são usados. Ou então, você pode identificar um post ou campanha específica que realmente atinge o alvo.

Use esse tipo de informação para nutrir sua própria estratégia de marketing de mídia social.

Etapa 4. Faça uma auditoria de mídia social

Se você já usa as mídias sociais, faça um balanço de seus esforços até agora. Pergunte a você mesmo as seguintes questões:

  • O que está funcionando e o que não está?
  • Quem está se envolvendo com o seu conteúdo?
  • Quais redes seu público-alvo usa?
  • Como sua presença nas mídias sociais se compara à concorrência?

Depois de coletar essas informações, você estará pronto para começar a pensar em maneiras de melhorar.

Sua auditoria deve fornecer uma imagem clara de qual objetivo cada uma de suas contas sociais serve. Se o objetivo de uma conta não for claro, pense se vale a pena manter.

Para ajudá-lo a decidir, faça as seguintes perguntas:

  1. O meu público está aqui?
  2. Se sim, como eles estão usando esta plataforma?
  3. Posso usar esta conta para ajudar a alcançar meus objetivos?

Fazer essas perguntas difíceis manterá sua estratégia focada.

Etapa 5. Configurar contas e melhorar perfis

Decida quais redes usar

Ao decidir quais redes sociais usar, você também precisará definir sua estratégia para cada uma.

Dica importante : Escreva uma declaração de missão para cada rede. Uma declaração de uma frase para mantê-lo focado em uma meta específica.

Exemplo: “Usaremos o Twitter para suporte ao cliente para manter baixos os volumes de e-mail e chamadas”.

Mais uma: “Usaremos o LinkedIn para promover e compartilhar a cultura da empresa para ajudar no recrutamento e na defesa de funcionários.”

Configure seus perfis

Depois de decidir em quais redes se concentrar, é hora de criar seus perfis ou melhorar os existentes para que eles se alinhem à sua estratégia.

  • Certifique-se de preencher todos os campos do perfil
  • Inclua palavras-chave que as pessoas usariam para pesquisar sua empresa
  • Use marca consistente (logotipos, imagens etc.) nas redes para que seus perfis sejam facilmente reconhecíveis

Dica importante : use imagens de alta qualidade que sigam as dimensões recomendadas para cada rede.

Etapa 6. Encontre inspiração

Embora seja importante que sua marca seja única, você ainda pode se inspirar em outras empresas que são ótimas em termos sociais.

Histórias de sucesso em mídias sociais

Geralmente, você pode encontrá-los na seção de negócios do site da rede social. ( Aqui está o Facebook , por exemplo).

Os estudos de caso podem oferecer informações valiosas que você pode aplicar ao seu próprio plano de mídia social.

Contas e campanhas premiadas

Você também pode conferir os vencedores do Facebook Awards ou do Shorty Awards para exemplos de marcas que estão no topo de seus mercados nas mídias sociais.

Suas marcas favoritas nas mídias sociais

Quem você gosta de seguir nas mídias sociais? O que eles fazem que leva as pessoas a se envolver e compartilhar seu conteúdo?

A National Geographic, por exemplo, é uma das melhores do Instagram, combinando visuais impressionantes com legendas atraentes.

Depois, há o Shopify. A marca de comércio eletrônico usa o Facebook para vender-se, apresentando histórias de clientes e estudos de caso.

Observe que cada uma dessas contas tem uma voz, tom e estilo consistentes. É essencial para que as pessoas saibam o que esperar do seu feed. Ou seja, por que eles deveriam segui-lo? O que há de bom para ser consumido?

A consistência também ajuda a manter seu conteúdo na marca, mesmo se você tiver várias pessoas em sua equipe de mídia social.

Pergunte aos seus seguidores

Os consumidores também podem oferecer inspiração nas mídias sociais.

Sobre o que seus clientes-alvo estão falando on-line? O que você pode aprender sobre seus desejos e necessidades?

Se você possui canais sociais, também pode perguntar a seus seguidores o que eles querem de você. Apenas certifique-se de seguir e entregar o que eles pedem.

Etapa 7. Crie um calendário de conteúdo de mídia social

Compartilhar conteúdo excelente é essencial, é claro, mas é igualmente importante ter um plano para quando você compartilhar conteúdo para obter o máximo impacto.

Seu calendário de conteúdo de mídia social também precisa levar em consideração o tempo que você gasta interagindo com o público (embora você precise permitir algum envolvimento espontâneo também).

Defina sua programação de postagem

Seu calendário de conteúdo de mídia social lista as datas e horários em que você publicará tipos de conteúdo em cada canal. É o lugar perfeito para planejar todas as suas atividades de mídia social – desde imagens e compartilhamento de links até postagens e vídeos em blogs. Inclui tanto a postagem diária quanto o conteúdo das campanhas de mídia social.

Seu calendário também garante que suas postagens sejam espaçadas adequadamente e publicadas nos horários ideais .

Determinar o mix de conteúdo certo

Verifique se o seu calendário reflete a declaração de missão que você atribuiu a cada perfil social, para que tudo que você publique funcione para apoiar seus objetivos de negócios.

Você pode decidir por exemplo que:

  • 50% do conteúdo direcionará tráfego de volta para o seu site
  • 25% do conteúdo será com curadoria de outras fontes
  • 20% do conteúdo suporta objetivos de geração de leads
  • 5% do conteúdo será sobre a cultura da sua empresa

A colocação desses diferentes tipos de postagem no calendário de conteúdo garantirá a manutenção da combinação certa.

Se você está começando do zero e não tem certeza de quais tipos de conteúdo publicar, tente a regra 80-20:

  • 80% de suas postagens devem informar, educar ou divertir seu público
  • 20% podem promover diretamente sua marca.

Você também pode tentar a regra de mídia social de terços:

  • Um terço do seu conteúdo promove seus negócios, converte leitores e gera lucro.
  • Um terço do seu conteúdo compartilha idéias e histórias de líderes de opinião em seu setor ou em empresas com idéias semelhantes.
  • Um terço do seu conteúdo são interações pessoais com seu público

Dica importante : depois de definir seu calendário, use uma ferramenta de agendamento para preparar as mensagens com antecedência, em vez de atualizar constantemente ao longo do dia.

Etapa 8. Avalie e ajuste sua estratégia

Sua estratégia de mídia social é um documento extremamente importante para os seus negócios, e você não pode supor que acertará exatamente na primeira tentativa. Ao começar a implementar seu plano e acompanhar seus resultados, você pode achar que algumas estratégias não funcionam tão bem quanto você previra, enquanto outras estão funcionando ainda melhor do que o esperado.

Veja métricas de desempenho

Além das análises em cada rede social (consulte a Etapa 2), você pode usar os parâmetros UTM para rastrear os visitantes sociais enquanto eles se movem pelo site, para ver exatamente quais postagens sociais direcionam mais tráfego para o site.

Reavaliar, testar e fazer tudo novamente

Quando esses dados começarem a aparecer, use-os para reavaliar sua estratégia regularmente. Você também pode usar essas informações para testar diferentes postagens, campanhas e estratégias entre si. Os testes constantes permitem entender o que funciona e o que não funciona, para que você possa refinar sua estratégia em tempo real.

As pesquisas também podem ser uma ótima maneira de descobrir como sua estratégia está funcionando. Pergunte a seus seguidores, lista de e-mail e visitantes do site se você está atendendo às necessidades e expectativas deles e o que eles gostariam de ver mais. Em seguida, certifique-se de cumprir o que eles dizem.

As mídias sociais são extremamente dinâmicas. Novas redes surgem, outras passam por mudanças demográficas.

Sua empresa também passará por períodos de mudança.

Tudo isso significa que sua estratégia de mídia social deve ser um documento vivo que você revisa e ajusta conforme necessário. Consulte-o frequentemente para permanecer no caminho certo, mas não tenha medo de fazer alterações para refletir melhor novas metas, ferramentas ou planos.

Ao atualizar sua estratégia social, informe todos da sua equipe. Dessa forma, todos poderão trabalhar juntos para ajudar sua empresa a aproveitar ao máximo suas contas.

Gostou do artigo? Precisa construir uma estratégia de mídias sociais para o seu negócio? Clique aqui e agende uma reunião.

Até a próxima!

Gutemberg Fernandes

CEO Founder da Conexão Marketing, 12 Anos de experiência em Estratégias Digitais, co-autor do método Growth CNX, apaixonado por métricas e geração de resultados. Líder do time de prospecção inbound.

Deixe uma resposta

Fechar Menu