2025 chegou e a gente percebeu… O marketing do futuro
marketing do futuro

2025 chegou e a gente percebeu… O marketing do futuro

Como eu sempre falo nos meus conteúdos o digital já era uma tendência e o Brasil só não estava engatando. O marketing do futuro chegou e pra mim, é surreal como as empresas ainda desrespeitam o poder da internet. É só você observar a quantidade de dinheiro alocado no digital pelas grandes empresas brasileiras. Beira o ridículo!

Mas, isso pode estar perto do fim…

O surto de Covid-19 acelerou alguns processos em pelo menos 5 anos, fazendo com que todos os negócios, de todos os tamanhos, se reinventassem.

Duas coisas nesse momento são muito claras pra mim:

1 – As grandes empresas perceberam o poder da internet e eu sou capaz de apostar que seus orçamentos em marketing, que antes eram direcionados em sua grande maioria a canais como TV, outdoor, mídia impressa e etc, agora, certamente, serão realocados para o digital. E, como consequência…

2 – O jogo da publicidade digital vai ficar ainda maior. Isso quer dizer que o custo pela atenção das pessoas nos canais digitais vai aumentar absurdamente em pouquíssimo tempo.

Por um lado, fico feliz em ver uma tendência que a gente previa acontecer em 2025 se confirmar agora. 

Por outro lado, fico preocupado quando me coloco nos sapatos dos donos de pequenos negócios com orçamentos de marketing limitados.

Como fazer para ter relevância?

Mas, cara, pode acreditar: se tem uma coisa que eu acho que NUNCA vai deixar de ser RELEVANTE para o posicionamento de qualquer empresa, de qualquer porte ou tamanho, é um CONTEÚDO DE QUALIDADE.

Na minha visão, vai ganhar o jogo quem fizer um movimento que pouca gente faz no mercado, mas que é da maior importância: GERAR PROFUNDIDADE.

Não se trata mais de ALCANCE e sim de PROFUNDIDADE.

E o que isso quer dizer no marketing do futuro?

Que quanto mais profundidade você proporcionar no relacionamento com seus clientes e com sua audiência, mais valor você vai gerar e mais impacto vai causar no seu mercado. É responder cada DM, cada mensagem, cada interação, cada e-mail. É realmente se importar com quem tira um tempo para interagir nos seus canais.

Pessoalmente, acredito que o marketing do “deixe seu e-mail e baixe gratuitamente”, que coloca as pessoas num funil para vender algo depois, está com o dias contados. As pessoas simplesmente se cansaram disso. É como empurrar comida goela abaixo de quem não quer comer.

Não se trata de números, sempre foi sobre pessoas!

Aqui na Conexão resolvemos jogar esse jogo e mudamos nosso posicionamento de marketing do futuro para marketing do presente e o que a gente acredita ser o correto há algum tempo já.

Dá só uma olhada como você pode consumir nossos conteúdos. Viva com a gente essa nova experiência.

Cansamos também dessa história de “deixe seu e-mail para..”  No fim das contas, não é você que escolhe o público. É o público que escolhe você. 

Não dá pra chamar um conteúdo de Gratuito se você pede algo em troca.

Pra nós, a partir de agora é como se estivéssemos em 2025. Era assim que prevíamos que 2025 seria. Fica no jogo quem realmente gera valor. E se é gratuito, tem que ser GRATUITO, mesmo!

Você pode até querer deixar o seu e-mail. E teremos o maior prazer em perceber sua intenção de nos seguir. Mas, você só deixa seu e-mail se quiser. Só participa dos nossos grupos se quiser.

Quanto aos nossos conteúdos, estão liberados.

Resolvemos pagar pra ver!

Gutemberg Fernandes

CEO Founder da Conexão Marketing, 12 Anos de experiência em Estratégias Digitais, co-autor do método Growth CNX, apaixonado por métricas e geração de resultados. Líder do time de prospecção inbound.

Deixe uma resposta