You are currently viewing Linguagem nas redes sociais: como escolher e utilizar a correta?

Linguagem nas redes sociais: como escolher e utilizar a correta?

Muitas empresas sentem dificuldade para escolher uma linguagem nas redes sociais. Um dos fatores que causa esse desentendimento é o costume de anunciar sempre em mídias tradicionais.

Apesar de não parecer, o marketing digital ainda é muito recente. Isso faz com que algumas empresas acabem falhando na hora de escolher a melhor forma de se comunicar.

Escolher uma linguagem nas redes sociais que se aproxime do estilo de comunicação do seu público-alvo é uma tarefa difícil para a sua empresa? Então não deixe de acompanhar essa publicação para melhorar os seus resultados!

Quais são os públicos das redes sociais?

Com o avanço da tecnologia dos computadores, notebooks e smartphones, é muito difícil encontrar alguém que ainda não esteja conectado diariamente em, pelo menos, uma rede social.

O Facebook permite o compartilhamento da sua localização durante uma viagem; para as conquistas profissionais, o LinkedIn está de prontidão; já se você quer compartilhar pensamentos curtos, o Twitter é o seu endereço de web.

Facebook linguagem nas redes sociais

Essa é a principal rede social das empresas! se você deseja se comunicar com o público-alvo usando a internet, é essencial criar uma página para a sua marca.

Uma das principais razões pela qual o Facebook é uma tendência é a possibilidade de encontrar diferentes targets. É possível comunicar-se com adolescentes, jovens, adultos e até mesmo idosos.

Twitter

O microblog é mais voltado para o público jovem. A maioria dos seus usuários tem até 29 anos e os níveis de escolaridade, gênero e classe social são equilibrados.

Se a sua empresa tem como objetivo atrair a atenção desse público, o Twitter não deve ficar de fora da estratégia de comunicação.

LinkedIn

Com profissionais e marcas do mundo inteiro, o LinkedIn é a rede social do público mais elitizado. A maioria dos usuários cadastrados na plataforma apresenta currículos que incluem graduação, pós-graduação e ocupam grandes cargos nas empresas.

Qual é a diferença entre as linguagens usadas em cada rede?

Como vimos no tópico anterior, as redes sociais atingem diferentes públicos. Dessa forma, uma empresa precisa adaptar-se para conseguir uma comunicação assertiva com o cliente.

A principal maneira de entender qual é a linguagem nas redes sociais que mais se adequa à sua empresa é definir o público-alvo. Com essa definição, será fácil compreender como os seus consumidores se comunicam na internet.

No Twitter, o essencial é manter uma mensagem direta e prática. Recentemente, a rede social aumentou de 140 para 280 o número de caracteres permitidos em uma publicação. No entanto, tweets muito longos podem fazer com que seus seguidores não terminem de ler o conteúdo divulgado.

O Facebook oferece diversas opções e vantagens para as empresas utilizarem a rede social como meio de comunicação online. Uma linguagem muito formal e técnica pode afastar o seu público, porém, palavras pejorativas e invasivas também devem ser evitadas.

Os profissionais presentes no LinkedIn demandam conteúdos mais ricos, com informações relevantes sobre as suas áreas de atuação. Priorize a linguagem técnica com publicações que possam agregar valor à sua empresa perante os usuários dessa rede social.

gerar leads qualificados

Como a linguagem nas redes sociais interfere nos resultados digitais?

Você possui um perfil em cada uma dessas plataformas, contudo, não nota efeitos para a sua empresa? O mercado competitivo faz com que as marcas precisem disputar entre si a preferência dos consumidores até mesmo na internet. Sendo assim, quem se diferencia com suas estratégias digitais consegue notar os frutos desse investimento.

Criar uma identidade online é essencial para reforçar a lembrança de marca dos seus consumidores quando eles precisarem dos serviços ou produtos que você oferece.

Escolher corretamente a linguagem nas redes sociais demanda estudo e preparo. Contudo, uma vez que os resultados aparecem por meio do crescimento do alcance e engajamento das suas publicações, o trabalho passa a valer a pena.

Agora que você sabe como escolher e utilizar a melhor linguagem para cada rede social, que tal compartilhar o conteúdo em seu perfil para ajudar os colegas da área?

Este post tem 2 comentários

Deixe um comentário