You are currently viewing Como fazer benchmarking online? 4 passos para monitorar o mercado

Como fazer benchmarking online? 4 passos para monitorar o mercado

Na busca constante por melhores resultados, os gestores precisam dominar ferramentas capazes de favorecer a competitividade e, por consequência, endossar o faturamento do negócio. Se você deseja acompanhar o mercado, ajustando processos e alavancando a performance a partir de uma visão ampla e estratégica de concorrentes e referências, então precisa saber como fazer benchmarking!

Neste post, você entenderá um pouco mais sobre o conceito e, ao final da leitura, terá mais segurança para executar o trabalho de forma autônoma, amparando análises importantes em informações disponíveis na internet. Preparado? Vamos lá!

O que é benchmarking e como fazer benchmarking?

Em tradução livre, a palavra benchmarking significa “avaliação comparativa”. De modo geral, o termo descreve uma ferramenta estratégica que surgiu em 1979, na então gigante Xerox Corporation, com o objetivo de implantar um procedimento regular de monitoramento, analisando processos, produtos e serviços que pudessem ser referência em empresas de diversos segmentos.

como fazer benchmarkingNo panorama contemporâneo, onde a concorrência é cada vez mais acirrada, o benchmarking ganha força na gestão estratégica das organizações: a partir dele, é possível conhecer, comparar e, se conveniente, também adotar as melhores práticas do mercado.

Mas lembre-se: o conceito é bem mais amplo e não se restringe à investigação da concorrência. No lugar de espionar e imitar, o benchmarking promove a compreensão dos diferenciais de determinado negócio e possibilita um exame aprofundado acercas das possibilidades de replicação. Dessa forma, a empresa avaliadora pode incorporar métodos de sucesso, potencializando seus resultados no mercado, otimizando investimentos e minimizando riscos.

Por que o benchmarking é importante?

Não seria equivocado pontuar que o benchmarking desponta como um recurso extremamente útil às empresas, independentemente do porte ou do segmento.

Ao acompanhar o desenvolvimento e as particularidades da concorrência (e também das referências), o gestor tem base mais sólidas para avaliar seus próprios processos e, se necessário, redefinir operações e ajustar o portfólio comercial. Trata-se de uma ferramenta absolutamente estratégica e com grande potencial de mudança!

Como fazer benchmarking online?    

Agora que você já sabe o que é benchmarking e está convicto de sua importância para o aprimoramento de práticas e produtos, hora de entender como é possível valer-se da ferramenta na gestão da sua empresa.

O benchmarking não demanda altos investimentos e pode ser executado baseando-se na robustez de um recurso muito disponível: a internet. Para viabilizar a comparação online de forma eficaz, certifique-se de seguir passos importantes, tais como:

1. Tenha um objetivo bem definido

Sem um norte esclarecido, sua análise corre sérios riscos de pecar pela inconsistência. Para assegurar um processo estratégico e eficaz, é fundamental que o objetivo da avaliação esteja bastante claro a todos os envolvidos.

2. Identifique qual tipo de análise é mais adequado

A ferramenta pode servir a diversos intuitos. Se a avaliação estiver voltada às melhocomo fazer benchmarkingres práticas de RH, a melhor metodologia é o benchmarking interno. Da mesma forma, o benchmarking competitivo é o ideal para a acompanhamento de concorrência e o benchmarking funcional é o indicado para comparação de processos de trabalho.

Há, ainda, o benchmarking de cooperação, quando empresas se dispõem a colaborar na busca pelo aprimoramento mútuo, partilhando experiências.

3. Selecione empresas e defina métodos

Uma vez estabelecido o objetivo e o tipo de avaliação, escolha as empresas apropriadas, certificando-se de estar atento às particularidades da operação e do público-alvo, por exemplo. Além disso, é essencial que haja consistente definição de métodos, evitando desvios qualitativos que podem comprometer todo o processo.

Nesta etapa, use novamente a internet: acesse sites institucionais, procure por notícias relacionadas à empresa, consulte portais de reclamação e busque dados estatísticos. Há uma quantidade impressionante de informações disponíveis a todos!

4. Avalie desempenho e planeje ajustes

Após a conclusão do benchmarking, cujo processo exigiu a comparação de performance nos métodos definidos, o próximo passo é elaborar um plano de ação — objetivando aplicar as melhores práticas identificadas.

Para isso, efetue um planejamento completo e mobilize as áreas acionadas no processo. E não se esqueça: é preciso acompanhar a implantação das novas estratégicas para garantir sinergia na execução.

Agora que você já sabe como fazer benchmarking, para a prática! O resultado costuma ser rápido, positivo e bastante expressivo. Experimente!

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e divida suas experiências conosco!

Descubra mais sobre tráfego orgânico aqui.

Acesse nosso site.

Deixe um comentário