You are currently viewing 9 dicas de SEO para tornar seu post efetivo
Dicas de SEO para Blogs

9 dicas de SEO para tornar seu post efetivo

SEO para blogs otimizados
SEO para blogs otimizados

Olá! Bom, quem nos acompanha aqui no blog, no canal do Youtube ou em nossa Fanpage, sabe da importância da criação de conteúdo para que sua estratégia de Marketing Digital se torne eficaz. O que talvez nem todos saibam é a importância desse conteúdo ser construído com foco no SEO.

Mas, o que é SEO?

Primeiramente, vamos a definição de SEO, Search Engine Optimization. Basicamente, trata-se da otimização de uma post, uma página e até mesmo um site inteiro. É o SEO quem vai apontar a relevância do seu site ou conteúdo para o que o usuário procura.

Pensando nisso, definimos 9 dicas eficientes de SEO para você ver o posicionamento do seu post subir no Google, são elas:

1 – Pesquise suas palavras-chave 

A maioria das pessoas iniciam um blog sem antes fazer uma pesquisa de palavras-chave, e, não fazendo isso, por melhor que sejam escritos os seus posts, dificilmente serão encontrados pelos usuários do Google. Essa pesquisa te permitirá saber o que exatamente as pessoas estão buscando no Google e, então, exatamente o que deve ser escrito para atende-las e atraí-las para o seu blog.

Você deve estar se perguntando como fazer essas pesquisas, certo? Selecionamos duas ferramentas do Google para que vão te ajudar nisso:

Planejador de Palavras-chave 

Essa ferramenta é excelente e te permite saber as palavras-chave que são pesquisadas por região, além de te dar ideias de outras palavras que também são buscadas sobre o mesmo assunto e também te mostra as palavras mais utilizadas por outras marcas, pelos seus concorrentes.

Planejador de Palavras-chave (Clique e acesse ou crie sua conta)

Google Trends

Essa ferramenta te permite comparar um termo a outro, o que faz muita diferença no SEO do seu post, por exemplo, se você for dentista, pode comparar entre os termos buscados se seu público-alvo pesquisa por “dentista” ou “odontologia”, ou se você vende video-games, se seus usuários pesquisam por “PlayStation 4” ou “PS4”.

Você pode fazer essa pesquisa por período de tempo e em diferentes países ou cidades. O que é legal nisso, é que você percebe quando seu serviço ou produto é mais buscado. Por exemplo, se você vende vestidos de festa, vai perceber um aumento na busca em períodos festivos como natal e ano novo. Isso te permite saber quanto investir mais em produção de conteúdo e sobre o que, em cada época do ano.

Google Trends (clique e experimente)

O Planejador de palavras-chave te permite saber com base em dados precisos sobre o que escrever, já o Google Trends te mostra tendências, não tem uma base tão sólida quanto a primeira ferramenta, saber alinhar as duas em uma única estratégia não só abrirá o horizonte para a sua estratégia de conteúdo como te indicará o caminho exato a seguir.

2 – Use as palavras-chave que você definiu como relevantes no título do seu post.

Essa dica é de extrema importância, uma das primeiras leituras do Google é a do título, então se você tem nele a palavra-chave que seu usuário quer saber sobre o que você escreve, já ganha muitos pontos para um bom ranqueamento. Por exemplo, o nosso título aborda as palavras “SEO” e “post”, isso porque a gente já saber, com base em nossas pesquisas, a relevância desses termos para o nosso mercado, além disso, trata-se de um assunto sugerido por um de nossos leitores!

Se um usuário está procurando por carro semi-novo e você tem essa palavra no seu título, já aumentam e muito suas chances de ser encontrado por ele.

3 – Evite URL muito extensa

Geralmente, quando a gente não se atenta a URL, ela apresenta números e palavras que não se contextualizam com o assunto abordado, o Google costuma rejeitar esse tipo de URL e, então, seu post será negativado, o que indica um ruim ranqueamento para ele.

Procure sempre revisar sua URL priorizando as palavras-chave e encurtando-a o máximo possível, lembrando que todas as palavras devem ser separada por um hífen (-).

4 – Utilize Links de saída em seu post

Isso evita a monotonia do seu post, conter logo no início páginas de saída agrada aos “olhos” do Google. Se o seu post é continuação de um assunto abordado anteriormente, não perca a oportunidade de utilizar o link desse post anterior, ou mostre vídeos e assuntos que dêem força ao que você escreve. O Google entende essas ações como um post que realmente fará a diferença para a experiência do usuário.

Claro que você não quer que seu leitor abandone sua página sem ler o seu conteúdo, então quando for inserir o link, marque como opção para que abra em uma nova aba, assim ele não precisará deixar o post atual para conferir seu link de saída.

5 – Use o Negrito para indicar os principais pontos do seu post

De nada adianta escrever um post excelente e ser bem ranqueado pelo Google, se o usuário não tiver uma boa experiência nele, e com a praticidade da internet, se você não conseguir prender o usuário assim que ele entra na sua página, ele vai te deixar e continuará a busca no seu concorrente. Por isso é legal usar o negrito para mapear o que será abordado, assim o usuário abre o post, faz uma leitura geral da página e decide se é relevante pra ele ou não. Se você não mapear, provavelmente ele não terá paciência para saber disso.

6 – Nomeie suas imagens

Assim o Google entenderá o que sua imagem significa e também a tornará relevante para os usuários que pesquisem pelo conteúdo que você escreve. Também como funciona com a URL do post, a da imagem você pode alterar, seguindo as mesmas regras. Seja objetivo na descrição, de preferência utilize as palavras-chave em foco, se fizer sentido, claro, não esqueça de separar as palavras com o hífen (-)

7 – Faça uso de Call to action

Se seu post falar, por exemplo, das diferenças técnicas entre dois aparelhos de celular, inclua nele uma chamada pra ação, onde ele possa comprar o aparelho em sua loja virtual, por exemplo, mas seja singelo, e apenas se o conteúdo pedir, vendas no post não são bem vistas se não for sutil e não couber nele. Outras ações são, por exemplo, links para baixar um material que você tenha escrito que possa interessar a quem se interessou pelo seu artigo, assim você fará com que a pessoa que acessou seu blog e iria embora dele, vire seu Lead e, quem sabe, um futuro cliente.

8 – Use termos sinônimos a palavra-chave principal do seu post

Hoje em dia, com as atualizações do Google, ele já entende sinônimos, então qualifica seu post também por elas, desse modo você não precisa usar sempre a mesma palavra diversas vezes no post, nem força-la no contexto, pelo contrário, forçar o uso dela resulta em uma má experiência para o seu leitor, e o Google poderá punir seu site por isso.

9 – Não exiba os posts completos na página principal do seu blog

Já fizemos testes e exibir os posts completos na página não resultam em uma boa experiência para o usuário, e ele tende a ficar menos tempo no seu site, já que terá mais dificuldade para encontrar o assunto que realmente interessa para ele. De acordo com as suas atualizações, é legal aparecer o título, a imagem principal e uma introdução, se o usuário quiser saber mais, ele clicará em “saiba mais” “continue lendo” “read more” ou apenas no título.

Mas, lembre-se, o mais importante do seu blog é o seu conteúdo, ele tem que ser relevante, ou de nada resultada um excelente trabalho de SEO que não resultará em vendas!

Mão na massa? qualquer dúvida ou sugestão de conteúdo, comente que procuraremos atender o mais rápido possível! Até o próximo post.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário